Julian Lennon, filho de John Lennon, confessou em entrevista à CNN ter-se sentido abandonado pelo pai diversas vezes durante a infância. Julian, também músico, explicou que o meio-irmão Sean sempre teve mais atenção e uma relação mais próxima com o pai.

“Surpreendentemente, o Sean tem quantidades incríveis de amor e compreensão. E penso que ele reconhece essa situação e o fato de, até certo ponto, eu ter sido abandonado quando era criança, duas se não três vezes em muitos aspectos”, disse Julian.

John Lennon morreu em 8 de dezembro de 1980, assassinado na porta do prédio onde vivia em Nova Iorque.