The Beatles

“Let it Be é um monte de lixo”, diz engenheiro de som dos Beatles

glynjohns

Glyn Johns, engenheiro de áudio convidado para trabalhar com George Martin na produção da primeira ideia para o disco Let it Be (1970), um dos mais famosos dos Beatles, revelou ter uma opinião polêmica sobre o álbum.
Saiba Mais

Em seu novo livro, Sound Man, Johns conta que aceitou o convite com a condição de que ele fosse o engenheiro abaixo de Martin. No entanto, Glyn descobriu que o experiente chefe de produção, cansado das brigas entre John, Paul, George e Ringo, resolveu adiar o projeto, e não ficou satisfeito com o recrutamento do produtor Phil Spector.

“Fiquei desapontado ao descobrir que Lennon deu o projeto para Spector, e ainda mais desapontado ao ver o que ele fez com aquilo. Isso não tem nada a ver com os Beatles. Let it Be é um monte de lixo. Como eu disse no livro, ele estragou tudo. Eu nunca escutei ele inteiro, apenas ouvi trechos de algumas canções e disse: ‘ah, esqueça’. Era ridículo, nojento”, disse ele em entrevista ao The New York Times.

De acordo com Glyn, o disco era para, originalmente, “soar como The Basement Tapes, de Bob Dylan, para mostrar do que eles realmente gostavam”. Mas, apesar de suas opiniões, Johns descreveu a oportunidade de trabalho com os Beatles como “fantástico”.

Comentários

Clique Aqui Para Comentar

Quer comentar?