Paul McCartney tem realizado turnês em diversos países regularmente desde 2002. Um grande artista precisa ter uma excelente banda que o acompanhe na estrada. A formação atual dos músicos que tocam com McCartney nos palcos teve sua gênese em 2001 no álbum Driving Rain e no Concert For New York City com as participações do guitarrista Rusty Anderson e do baterista Abe Laboriel Jr. No ano seguinte, na apresentação de Paul no show do intervalo do Superbowl, Brian Ray estreou na banda. Junto com ele, o veterano tecladista de Macca, Wix Wickens integrou o time. E assim, a banda segue ganhando plateias pelo mundo. O próprio Paul já descreveu esta como sua melhor banda desde os Beatles. Conheça um pouco mais sobre os competentes instrumentistas que acompanham Paul McCartney.

 
Rusty Anderson
O guitarrista e compositor americano Rusty Anderson, de 58 anos, começou cedo na música. Aos 8 anos ganhou uma guitarra do pai. Já na adolescência, aos 14 anos, formou sua primeira banda, a Eulogy, que em seis anos de atividade chegou a abrir shows de The Police, Ramones e Van Halen. Fã confesso de Beatles, The Who, Genesis, David Bowie e outros, Rusty logo se tornaria um profissional. Em 1986, o produtor David Kahne (que mais tarde produziria Paul McCartney) convidou Rusty para tocar no álbum Different Light, o segundo da banda The Bangles. A partir de então, o músico acumularia uma lista invejável de artistas com os quais trabalharia. Rusty gravou com Elton John, Joe Cocker, Neil Diamond, Little Richard, Carole King, Santana, Willie Nelson, Steven Tyler, Gwen Stefani, New Radicals, Sinéad O’Connor, The Wallflowers, Miley Cyrus e muitos outros. Rusty também é o responsável pelo arranjo de guitarra no hit “Livin La Vida Loca”, de Ricky Martin.

Em 2001, David Kahne daria a chance de ouro para Rusty. Ele convidou o guitarrista para tocar no álbum Driving Rain, de Paul McCartney. Em seguida, Rusty integraria a banda de Paul que passaria a realizar turnês pelo mundo e segue fixo no posto até hoje. Ele é o mais beatlemaníaco da banda. Suas sugestões para os setlists dos shows de McCartney incluem “Getting Better”, “Helter Skelter” e “Junior’s Farm”. Rusty lançou três álbuns solo: Undressing Underwater (2003, com participação de Paul McCartney e os demais membros da banda), Born on Earth (2009) e Until We Meet Again (2012).

Brian Ray
O instrumentista, compositor e diretor musical Brian Ray, de 62 anos, nasceu na Califórnia, EUA (assim como Rusty). Seu interesse por música começou aos 8 anos quando viu os Beatles tocando na TV e, imediatamente, começou a tocar violão. Sua irmã mais velha, Jean, da dupla folk Jim and Jean, convidou Brian, então com 15 anos, a se apresentar ao vivo nos palcos. Sua carreira começou pra valer em 1973 com a banda Bobby Pickett And The Crypt Kicker Five. Em seguida, Brian iniciaria uma longa colaboração com a cantora Etta James, como seu guitarrista e diretor musical. Na década de 80, Brian trabalhou com artistas como Smokey Robinson, Peter Frampton, Rita Coolidge e Michael Steele da banda The Bangles. Suas participações em shows incluem nomes como Keith Richards, Santana, Joe Cocker, John Lee Hooker, Bo Diddley e Bonnie Raitt.

Em 2002, indicado pelo produtor David Kahne, Brian Ray entrou na banda de Paul McCartney para uma série de turnês que se estendem até hoje. Nos shows, ele alterna guitarra, violão e contrabaixo, além de fazer vocais. Brian lançou dois discos solo: Mondo Magneto (2006, com participação de Rusty Anderson, Abe Laboriel Jr, Wix Wickens e Scott Shriner, baixista da banda Weezer e um de seus melhores amigos) e This Way Up (2010, com nova participação de Abe Laboriel Jr). Assíduo usuário do twitter, Brian Ray realizou uma apresentação solo em São Paulo, em 2011. Após a passagem da turnê Out There de McCartney pelo Brasil, em maio de 2013, Brian se apresentou na Argentina com seu projeto The Bayonets.

 
Abe Laboriel Jr
O baterista de peso Abe Laboriel Jr, de 46 anos, começou cedo na música. Filho do renonado baixista mexicano de jazz Abraham Laboriel e irmão do produtor e compositor Mateo Laboriel, Abe iniciou os estudos na bateria e percussão aos 4 anos de idade. Californiano como Rusty e Brian, o jovem Abe teve aulas com músicos profissionais como Jeff Porcaro e Chester Thompson. Em 1989, seu talento com as baquetas lhe rendeu homenagens da Fundação Nacional do Avanço das Artes e da revista Down Beat. A carreira de Abe como baterista começou em uma turnê do guitarrista Steve Vai. Mais tarde, ele integraria as bandas dos cantores Seal e Sting. Abe também realizou turnês com Eric Clapton e Steve Winwood. Suas colaborações ainda incluem B.B. King, Les Paul, Duran Duran, Will Smith, Shakira, Ashlee Simpson, Lady Gaga, Vanessa Carlton, Kelly Clarkson e outros. Abe também pode ser ouvido na trilha sonora do filme I Am Sam (Uma Lição de Amor, 2001) tocando bateria com a banda Chocolate Genius na regravação de “Julia”, dos Beatles.

Em 2001, Abe Laboriel Jr foi convidado a participar do álbum Driving Rain, de Paul McCartney. Tornou-se o baterista da banda do ex-beatle nas turnês desde então. Além da competência na bateria e de fazer vocais de apoio, Abe conquistou o público com sua simpatia. Ele divertiu plateias com dancinhas humoradas nos shows enquanto Paul tocava “Dance Tonight”. Na apresentação em Recife, em 2012, todo mundo no estádio Arruda combinou de fazer a dança junto com Abe, que curtiu a homenagem.

 
Paul “Wix” Wickens
O multi-instrumentista e compositor Wix, de 57 anos, nasceu em Essex, na Inglaterra. Pianista notável desde cedo, Wickens fez parte da banda Woodhead Monroe nos anos 80. Ele toca com Paul McCartney em discos e shows há 24 anos, tendo consquistado a confiança e amizade do ex-beatle. Wix também trabalhou com David Gilmour, Jim Diamond, Boy George, The Styx, Tim Finn, Edie Brickell & New Bohemians, entre outros. Ele participou do hit “This Is The Day” (1983), da banda britânica The The. Wix também gravou uma curiosa versão de “Smells Like Teen Spirit”, do Nirvana.

Em 1989, Wix foi convidado a fazer parte da formação de uma nova banda de acompanhamento para Paul McCartney, a fim de realizar discos e turnês. O álbum “Flowers in the Dirt” (1989) gerou uma turnê mundial, a primeira de Paul em 10 anos. A apresentação no Maracanã, em abril de 1990, entrou para o Guinness Book com o recorde de público. Wix se tornou o responsável por transcrever e executar os arranjos orquestrais e de piano no palco. Ele dividia os teclados com Linda McCartney. Em 1993, um novo trabalho de Paul, “Off The Ground”, renderia mais uma passagem pelo Brasil. Paul só voltaria a cair na estrada em 2002 formando uma nova banda, mas não teve dúvidas em chamar Wix para assumir os teclados. Ele também é o diretor musical dos shows. A turnê Out There passou recentemente pelo Brasil e segue para os Estados Unidos.

 
Turnês de Paul McCartney com a banda atual:
Drivin USA Tour – 2002
Back in the US – 2002
Back in the World – 2002/2003
Summer Tour – 2004
US Tour – 2005
Memory Almost Full Promo Shows – 2007
Concertos e Festivais – 2008/2009
Summer Live ’09 Tour – 2009
Good Evening Europe – 2009
Up And Coming – 2010/2011
On The Run – 2012
Out There – 2013
One on One – 2014

 
No Brasil:
Porto Alegre – 07/11/2010
São Paulo – 21/11/2010
São Paulo – 22/11/2010
Rio de Janeiro – 22/5/2011
Rio de Janeiro – 23/5/2011
Recife – 21/4/2012
Recife – 22/4/2012
Florianópolis – 25/4/2012
Belo Horizonte – 04/5/2013
Goiânia – 06/5/2013
Fortaleza – 09/5/2013
Vitória – 09/11/2014
Rio de Janeiro – 09/11/2014
Brasília – 23/11/2014
São Paulo – 25/11/2014