George Martin, pela sua participação essencial como produtor nos álbuns dos Beatles, sempre foi considerado o “quinto beatle”. Mas além do seu trabalho, ele (falecido em março de 2016) também deixou um grande herdeiro: o seu filho Giles Martin, que vem participando de praticamente todos os lançamentos oficiais do século XXI, tanto dos Beatles como banda, como em alguns trabalhos solo. Seus trabalhos incluem produção, remasterização, consultoria e até mesmo a elaboração de mashups (mistura de vários trechos de músicas), como foi o caso do Love. Agora, no lançamento do novo Sgt. Pepper, lá está ele novamente, com seus dedos, ouvidos, sensibilidade e inteligência.

A participação de Giles Martin, inicialmente como colaborador do seu pai, está marcado nas seguintes obras:

  • Love, trilha sonora e documentário do espetáculo do Cirque du Soleil (2006);
  • Beatles: Rock Band, videogame dos Beatles (2009);

  • The Beatles Collection, todos os álbuns dos Beatles remasterizados (2009);

  • Living in the Material World, documentário sobre George Harrison (2011);

  • NEW, álbum mais recente de Paul McCartney (2013);

  • Live at the Hollywood Bowl, relançamento álbum ao vivo dos Beatles (2016);

  • Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, lançamento comemorativo (2017).

É muito provável que ele continue sendo solicitado como colaborador em outros trabalhos e lançamentos futuros, já que tudo que fez até agora, sem exceção, pode ser considerado de altíssimo nível, tanto pelos artistas envolvidos quanto pelos fãs. A “Dinastia Martin” continua… e nós agradecemos!