John Lennon

O dia em que John Lennon e Harry Nilson foram expulsos de uma casa de shows

John-Lennon-Harry-Nilsson1

Um fato curioso aconteceu no dia 12 de março de 1974, envolvendo o beatle John Lennon: ao mesmo tempo foi expulso de um clube e foi parar na imprensa por ter agredido uma mulher.

Aconteceu no Troubadour Club, em Los Angeles, numa época em que John Lennon e Yoko Ono haviam “dado um tempo”. Ele e o amigo de copo Harry Nilson se dirigiram ao clube, onde acontecia uma apresentação dos The Smothers Brothers. Segundo consta, Lennon (que posteriormente afirmaria estar completamente bêbado por ser a primeira vez que bebia Brandy Alexander) passou a zombar da apresentação dos artistas e falar alto.

A seguir, segundo o coquetel de narrativas registradas, uma garçonete teria pedido a Lennon que se comportasse e falasse mais baixo, pois ele estava incomodando os artistas e a plateia. John, além de xingá-la, a teria agredido fisicamente, com um tapa e um empurrão. “O mais triste nem foi a agressão, foi perceber que um dos seus maiores ídolos não passa de um bunda mole”, teria dito a tal garçonete.

Nilsson_Lennon_TroubadourUma confusão generalizada foi iniciada, com Nilson e Lennon xingando alto e sendo detido por dois seguranças, que passaram a expulsá-los do local. No empurra-empurra, John acabou perdendo seus característicos óculos redondos, que voaram para longe. “Minha esposa acabou ficando com os óculos de John Lennon, que forram arremessados para longe, com a ação dos seguranças”, disse Tommy Smothers, que teve que paralisar o show por causa da confusão e ainda agiu em defesa do beatle: “foi apenas uma confusão comum, como acontece em todos os lugares. Sem os óculos, ele não teria como ver se era um homem ou mulher a pessoa em quem ele deu um soco”.

“Uma garota disse que eu a atingi, mas eu não bati nela de verdade, você sabe”, disse Lennon. “Ela só queria algum dinheiro e eu tinha que pagá-la, porque eu pensei que iria prejudicar a minha imigração”.

No dia seguinte, Lennon, arrependido, enviou flores aos artistas e à garçonete da casa, acompanhados de pedidos de desculpas. A garota, que havia registrado queixa por agressão, a retirou e tudo ficou por isso mesmo. John Lennon se referiria a essa fase de solteirice e bebedeira como “o fim de semana perdido” (lost weekend). Não chega a tanto, mas que foi uma fase meio esquisita, isso foi!

Comentário

Clique Aqui Para Comentar

Quer comentar?

  • Ele se referia a esse período como “My Lost weekend”, uma referência ao filme Lost Weekend, com Ray Milland, um drama sobre o alcoolismo. Lennon bebia muito nessa época em Los Angeles.